Comunicação, educação e pesquisa para a informação fidedigna

Há mais de vinte anos, a Organização Feminina WIZO de São Paulo, entidade beneficente constituída há 85 anos, vem promovendo um concurso voltado a alunos da rede estadual de ensino do Estado de São Paulo com a finalidade de impulsionar a pesquisa, a informação correta e fidedigna, e a arte, envolvendo o nosso país e Israel. Infelizmente, informações desencontradas sobre este país do Oriente Médio induzem à incorreta formação de opinião. Através desta ação, alunos, professores e familiares envolvem-me de forma prazerosa, cultural e saudável em prol da fidedigna informação. Na semana passada, mais precisamente em 11 de novembro, ocorreu a cerimônia de premiação no auditório da Secretaria do Estado da Educação de São Paulo. Tive a honra e o prazer de ser o mestre de cerimônias pelo sétimo ano consecutivo. Na foto, estou com Valdemir Varandas, diretor de marketing da empresa Dynacom, antes do sorteio final ao público presente. Leia, abaixo, a síntese da ação.

_mg_4760-menor

CONCURSO WIZO DE PINTURA E DESENHO teve como tema, nesta edição, “FLORES E FRUTAS”

 

Dirigido aos alunos da Rede Estadual de Educação do Estado de São Paulo, o Concurso tem como foco valorizar a pesquisa, o conhecimento e o intercâmbio cultural

 

Com o apoio da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, a Organização Feminina WIZO de São Paulo realizou mais uma edição do Concurso, ação direcionada aos alunos dos cursos fundamental e médio da rede estadual de ensino com o objetivo de desenvolver sua criatividade, propiciando a  realização de trabalhos artísticos, além de promover o intercâmbio entre Brasil e Israel.

 

O tema “BRASIL / ISRAEL – Flores e Frutas” teve como foco principal motivar o aluno a refletir e a pesquisar sobre o contraste entre a variedade e beleza exuberantes da flora brasileira e o surpreendente fato de que um país pequeno, como Israel, com mais de 40% de seu território em zona árida e semi-árida, vem obtendo excelentes resultados no cultivo de flores e frutas nativas e não-nativas, triunfo do engenho humano. O aluno teve de desenvolver sua obra destacando os paralelos entre os dois países e sua relação com o mundo. Os participantes foram convidados a desenvolver trabalhos plásticos – pintura em tela ou cartolina, desenho ou mosaico medindo 50cmx70cm – e, orientados por seus professores, expressar sua visão e percepção do tema proposto.

 

 As obras selecionadas através do julgamento foram premiadas em cerimônia no auditório da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, no dia 11 de novembro, em cerimônia bastante tocante e animada. 

 

O Concurso conta com patrocínio do Bradesco, tem curadoria e coordenação de Sema Petragnani, com apoio de Rosa Motta e ativistas, e tem como uma das idealizadoras e constante trabalhadora até os dias de hoje, a presidente de honra da WIZO São Paulo, Sulamita Tabcof.

 

Os prêmios foram: viagem aérea para Brasília com estada de três dias e city tour para o aluno e professor em 1º lugar, MP3 Players Dynacom, videogames Dynavision Radical, kits de pintura e livros de acordo com a classificação, e, ainda, sorteio de um Home Theater Dynacom durante a solenidade de premiação.

Anúncios