Mensagem de uma líder libanesa sobre #Israel e os #judeus proferida na #ONU

Esse vídeo tem de ser compartilhado ao máximo.

Mensagem verdadeira, correta, coerente e emocionante!

Israel e Judeus são defendidos com efusividade por líder libanesa.

Tradução e legendas: B´nai B´rith do Brasil, por meio de sua agência de comunicação, #ADCom Comunicação Empresarial.

Confira! 

Jersualém, a Cidade da Fé

Participei pela manhã da abertura da exposição “Jerusalém, a Cidade da Fé”, organizada pelo Consulado de Israel em São Paulo no Templo de Salomão. A coordenação é da consulesa Cecília Goren e a curadoria, de Bety Jardinovsky e Camila Gomes.

Entre inúmeras autoridades presentes, destaque para o anfitrião, Bispo Edir Macedo, que falou sobre a importância do evento, da exposição, da amizade com Israel e os judeus, além de citar a inauguração da Rede Record em #Israel ocorrida anteontem.

Além dele, tive o prazer de reencontrar diversos amigos de todos os setores da sociedade brasileira.

Nas fotos:

– Bispo Edir Macedo

– Deputados Gilmaci Santos, Sebastião Santos e Vinicius R de Carvalho

– Consulesa Cecilia Susana Rodríguez Goren

– Cônsul Dori Goren

– Presidente da #BnaiBrith Brasil, Abraham Goldstein

– Cientista político, Mendy Tal

– Diretor da Tama Vídeo e produtor do PROGRAMA SHALOM BRASIL, Marcel Hollender

– Secretário de Esportes, Aildo Rodrigues Ferreira

– Ex-deputado e atual diretor executivo da Fundação Procon, Fernando Capez

– Bispo Eduardo Bravo

– Voluntária do Arqshoa, Sarita Mucinic Sarue

Editor do Jornal da Globo fala sobre Israel e Oriente Médio

Este blogueiro entrevistou o jornalista José Alan Dias, editor de internacional do Jornal da Globo, para saber sua opinião sobre o que viu, in loco, em Israel, em particular, e a visão, em geral, da situação no Oriente Médio. As posições são bastante equilibradas, pertinentes e muito interessantes. Vale a pena assistir à entrevista.

Uma leitora de nossos informes, Elisabeth C. Wajnryt, enviou sua avaliação, que reproduzo: “Muito bom mesmo. Tanto entrevistador quanto entrevistado são perfeitos. O entrevistador escolheu as perguntas mais relevantes e as formula de maneira inteligente e sensata. O entrevistado se coloca de maneira sensível emocionalmente e reflexiva intelectualmente sobre as verdades que confrontou.
Vale muito a pena, repassem para suas listas.”

Assista, logo abaixo.

O contra-jornalismo da revista Istoé

Estou pessimamente impressionado com a falta de condução jornalística da revista Istoé. Primeiramente, a capa da semana passada traz, nitidamente, uma informação parcial – o que é contra a regra do jornalismo ético e correto (a respeito da guerra na Faixa de Gaza). Depois, sabe-se que a repórter responsável pela matéria sequer esteve no local do conflito. Como pode ela, então, fazer uma matéria desta importância com tantos dados errados? Para completar a questão, a impressão que dá, nitidamente, é de que se trata de uma matéria comprada, já que na edição desta semana não há sequer uma missiva contra a matéria. Somente de apoio. Se Istoé praticasse realmente um jornalismo sério, certamente publicaria posições contrárias também. Trata-se de uma “barriga” de má intenção sem  igual!!!

Alberto M. Danon

Comunicação, educação e pesquisa para a informação fidedigna

Há mais de vinte anos, a Organização Feminina WIZO de São Paulo, entidade beneficente constituída há 85 anos, vem promovendo um concurso voltado a alunos da rede estadual de ensino do Estado de São Paulo com a finalidade de impulsionar a pesquisa, a informação correta e fidedigna, e a arte, envolvendo o nosso país e Israel. Infelizmente, informações desencontradas sobre este país do Oriente Médio induzem à incorreta formação de opinião. Através desta ação, alunos, professores e familiares envolvem-me de forma prazerosa, cultural e saudável em prol da fidedigna informação. Na semana passada, mais precisamente em 11 de novembro, ocorreu a cerimônia de premiação no auditório da Secretaria do Estado da Educação de São Paulo. Tive a honra e o prazer de ser o mestre de cerimônias pelo sétimo ano consecutivo. Na foto, estou com Valdemir Varandas, diretor de marketing da empresa Dynacom, antes do sorteio final ao público presente. Leia, abaixo, a síntese da ação.

_mg_4760-menor

CONCURSO WIZO DE PINTURA E DESENHO teve como tema, nesta edição, “FLORES E FRUTAS”

 

Dirigido aos alunos da Rede Estadual de Educação do Estado de São Paulo, o Concurso tem como foco valorizar a pesquisa, o conhecimento e o intercâmbio cultural

 

Com o apoio da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, a Organização Feminina WIZO de São Paulo realizou mais uma edição do Concurso, ação direcionada aos alunos dos cursos fundamental e médio da rede estadual de ensino com o objetivo de desenvolver sua criatividade, propiciando a  realização de trabalhos artísticos, além de promover o intercâmbio entre Brasil e Israel.

 

O tema “BRASIL / ISRAEL – Flores e Frutas” teve como foco principal motivar o aluno a refletir e a pesquisar sobre o contraste entre a variedade e beleza exuberantes da flora brasileira e o surpreendente fato de que um país pequeno, como Israel, com mais de 40% de seu território em zona árida e semi-árida, vem obtendo excelentes resultados no cultivo de flores e frutas nativas e não-nativas, triunfo do engenho humano. O aluno teve de desenvolver sua obra destacando os paralelos entre os dois países e sua relação com o mundo. Os participantes foram convidados a desenvolver trabalhos plásticos – pintura em tela ou cartolina, desenho ou mosaico medindo 50cmx70cm – e, orientados por seus professores, expressar sua visão e percepção do tema proposto.

 

 As obras selecionadas através do julgamento foram premiadas em cerimônia no auditório da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, no dia 11 de novembro, em cerimônia bastante tocante e animada. 

 

O Concurso conta com patrocínio do Bradesco, tem curadoria e coordenação de Sema Petragnani, com apoio de Rosa Motta e ativistas, e tem como uma das idealizadoras e constante trabalhadora até os dias de hoje, a presidente de honra da WIZO São Paulo, Sulamita Tabcof.

 

Os prêmios foram: viagem aérea para Brasília com estada de três dias e city tour para o aluno e professor em 1º lugar, MP3 Players Dynacom, videogames Dynavision Radical, kits de pintura e livros de acordo com a classificação, e, ainda, sorteio de um Home Theater Dynacom durante a solenidade de premiação.