“Quem não se comunica…” vídeo bem humorado!

Como dizia Chacrinha, o “Velho Guerreiro”: “Quem não se comunica, se trumbica”. Ou seja, temos sempre de informar, mostrar, comunicar o que fazemos e dialogar com nossos interlocutores.  Sempre!

Muitas vezes, ao primeiro sinal de problema, a pessoa fecha-se. Podem ter certeza: é o primeiro passo rumo ao abismo total.

Embora difícil, são estes os momentos mais importantes para nos dedicarmos à comunicação, a informar, a mostrar quem somos e qual é a nossa essência.  Senão, seremos mais facilmente esquecidos e o problema, certamente, aumentará.

Afinal, quando nos lembramos em ovo, por que nos vem à mente apenas a galinha se a pata, entre outros, também bota ovo? É porque a galinha avisa, grita, mostra, comunica e nos faz lembrar sempre!

E, falando nos animais, veja que bem humorado o vídeo abaixo que mostra o marketing do nosso “melhor amigo” … bom divertimento!

http://www.adcompress.com.br

Anúncios

Canais corporativos no Youtube são fundamentais hoje em dia…

Atualmente, com a web 2.0, onde o consumidor tem voz, poder, força, nada mais importante do que dialogar com ele através de diversas formas, atendendo seus anseios, dirimindo suas dúvidas, acalmando sua ansiedade e se corrigindo eventual erro, quando assim for o caso. As redes sociais vieram para ficar e ampliar sua forma de atuação. Frente a esta nova (e vibrante!) realidade, os canais corporativos no Youtube são ferramentas muito importantes para que a informação possa ser passada com mais brilho e força, mesclando comunicação verbal e não-verbal, criando empatia, informando e formando opinião.

Veja, abaixo, alguns dos inúmeros vídeos produzidos por nossa agência de comunicação, a ADCom (www.adcompress.com.br), tendo este blogueiro como entrevistador…

Novas ferramentas pesquisam “dentro” de vídeos

Assistir a vídeos na web está rapidamente se tornando um passatempo americano. Mais e mais pessoas ligam seus computadores para ver trechos de séries que perderam na televisão ou para assistir aos cada vez mais numerosos programas e filmes disponíveis agora integralmente na Internet.

Para ajudar a peneirar as escolhas, companhias como VideoSurf e Digitalsmiths desenvolveram ferramentas de busca. Elas permitem que o internauta encontre sua cena favorita de Entourage, por exemplo, ou um videoclipe específico de Barack Obama a que sempre quis assistir. Ele pode até mesmo localizar o segmento exato que quer visualizar sem precisar clicar em “play” e assistir ao vídeo inteiro.

Essas ferramentas de busca que localizam e relacionam níveis cada vez mais refinados de detalhes em vídeos podem se mostrar interessantes não apenas aos consumidores desejosos de uma boa risada com The Daily Show With Jon Stewart, mas também às empresas que compilam guias de vídeos para a web. E a tecnologia pode ainda se tornar muito útil para procurar entre os vídeos de família os raros momentos em que o tio-avô George aparece.

O VideoSurf, de San Mateo, Califórnia, possui um mecanismo de busca de vídeos gratuito nas versões beta ou teste em http://www.videosurf.com. O mecanismo usa reconhecimento facial computadorizado e outras ferramentas para analisar vídeos frame por frame – e identificar pessoas, objetos e cenas.

Por exemplo, pessoas que digitam “Jon Stewart” na barra de pesquisa não conseguem apenas uma lista de vídeos que incluem Stewart, mas também, embaixo de cada item, uma prévia desses vídeos: um painel de imagens em miniatura de cenas representativas que o computador compila automaticamente.

Clique em qualquer dessas imagens, como o rosto de um convidado do programa de Stewart, ou o rosto de John Oliver, um dos correspondentes do apresentador, e você será direcionado para aquela parte do vídeo. Os usuários também podem selecionar fragmentos de um vídeo e enviá-los por e-mail aos amigos.

Os algoritmos de reconhecimento facial do VideoSurf são usados não apenas para esses sumários de vídeos, mas também para distinguir os principais rostos e vídeos relacionados aos termos inseridos na barra de pesquisa.

Digite “socorro financeiro”, por exemplo, e vários personagens desse drama americano aparecerão em retratos miniaturas no topo da tela, acima dos resultados de busca geral. Clique em Henry Paulson”, e os resultados serão reorganizados com vídeos que o incluem.

Fonte: The New York Times – Tradução: Amy Traduções

Como a comunicação pode decidir o destino de um povo

Neste post, quero, através do bem elaborado filme produzido pela Federação Israelista do Rio de Janeiro (Fierj), indicado logo abaixo, mostrar como todo um povo pode ser influenciado por uma comunicação maliciosa, doentia, mentirosa e com objetivos escusos. O vídeo mostra o que foi a “Noite de Cristal” (KristallNacht), ocorrida em 9 de novembro de 1938, no que seria o início, efetivo, do genocídio nazista liderado pelo facínora Adolf Hitler. Sei que jornalistas não podem adjetivar textos… mas, neste caso, fica impossível não chamar este ser de, pelo menos, facínora. Aliás, este ser e todos que o seguiram. A família de meu pai, por exemplo, de origem iugoslava, foi toda dizimada em Campos de Concentração. Assista e divulgue. Não podemos nunca nos esquecer para que nunca se repita!